Cromoterapia



A Cromoterapia é um tratamento que usa freqüência de ondas eletromagnéticas para tratar distúrbios orgânicos, restaurando o equilíbrio de todo o ser.

Essas ondas vão alterar os campos de energia de uma pessoa e o modelo vibratório das células individuais, trazendo harmonia a você, às pessoas que te cercam e ao meio ambiente que você convive.

Utilizando cores para melhorar seu bem-estar mental, físico e espiritual, atuando diretamente nos seus chakras, que são os centros de energia do nosso corpo, os locais no corpo áurico, onde a energia está concentrada.

Várias foram as civilizações antigas, como a egípcia, a grega, a indiana, a chinesa e outras que fizeram uso das cores para tratamento de saúde.

Na China e na Índia a cor era mais relacionada à Mitologia e à Astrologia. Na Grécia muitos filósofos-médicos foram absorver o conhecimento da ciência médica na fonte egípcia, com os sacerdotes-médicos.

A Cromoterapia está intimamente ligada ao antigo Egito assim como a própria Medicina. O vínculo da Medicina ao Egito data de 2800 a.C. com IMHOTEP, considerado o Pai Universal da Medicina, pois foi ele quem escreveu os primeiros livros de Medicina, em rolos de papiros. E também foi ele quem fundou a primeira Escola de Medicina.

Séculos mais tarde, Hipócrates (460-377 a.C.), médico grego, esteve no Egito estudando a matéria Médica com os sacerdotes-médicos, durante três anos. De retorno a Cós, sua cidade natal, fundou a primeira Escola de Medicina da Grécia e elaborou o Juramento Médico baseado nos escritos de Imhotep.

Também o tratamento médico com o uso de cores iniciou no Egito, conforme pesquisas do Dr. Paul Galioughi, autor do livro “La Médicine des Pharaons”, onde relata como os sacerdotes-médicos tratavam os doentes com as cores, utilizando-se de flores e pedras preciosas.

Então, podemos dizer que a Cromoterapia nasceu no antigo Egito; adormeceu milênios; e ressurge como uma Medicina-energética, assim como a Homeopatia e a Acupuntura.

Diversos foram os pesquisadores do uso das cores, dos quais citamos:

John Ott - Médico e Diretor do Instituto Sarasota - Flórida/USA, que pesquisou o efeito das cores sobre tumores cancerosos. Autor do livro “Health And Light”;

Dinshah Ghadiali - Médico indiano, residente em New Jersey/USA, que estruturou a Cromoterapia em bases científicas. Autor de uma Enciclopédia, em 3 volumes, sobre a utilização das cores nas doenças;

Niels Finsen - Médico em Copenhague, Dinamarca.
Autor do livro “Propriedades Actínicas da Luz do Sol”. Fundou o Instituto da Luz para a cura de pacientes com tuberculose. Realizou curas surpreendentes em cerca de dois mil pacientes com a aplicação da Cromoterapia, recebendo o Prêmio Nobel, em 1903;

René Nunes - Jornalista, Conferencista e Professor, de Brasília - Brasil (falecido em 1995), que se dedicou à pesquisa e aplicação da Cromoterapia em mais de dez mil pacientes, obtendo grande índice de recuperação. Autor de diversas obras, das quais cito “Cromoterapia Técnica”. Foi o grande divulgador da Cromoterapia como ciência médica-energética no Brasil e no exterior.

Define-se Cromoterapia como a ciência que utiliza as cores do Espectro Solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo humano atingidas por alguma disfunção.


 

O USO TERAPÊUTICO DAS CORES:

vermelho - aumenta a energia vital.
rosa - ativa a energia amorosa, elimina impurezas do sangue.
laranja - proporciona maior alegria, jovialidade e libido,  elimina gorduras em áreas localizadas.
amarelo - desenvolve a criatividade,  purifica o sistema e é benéfico para a pele.
amarelo forte - fortifica o corpo e age em tecidos internos.
verde - aumenta a capacidade física e mental.
verde forte - anti-infeccioso, anti-séptico e regenerador.
azul - acalma e equilibra, é analgésico, regenera as células dos músculos, nervos, pele e aparelho circulatório azul forte lubrifica as juntas e articulações.
rosa forte - age como desobstruidor e cauterizador das veias, vasos e artérias e elimina  impurezas do sangue.
indigo - anestésico, coagulante e purificador da corrente sanguínea, limpa as correntes psíquicas.
violeta - sedativo dos nervos motores e sistema linfático,  cauteriza as infecções e inflamações.
dourado - concede a influência do Sol, dando ânimo e exaltação, representa a opulência e a riqueza.
prateado - concede a influência da Lua, proporciona mistério, magia, receptividade e uma natureza mais feminina.
branco - soma de todas as cores - representa inocência, pureza e paz.
preto - ausência de cor - apesar de ajudar a esconder gordurinhas indesejáveis absorve a negatividade do ambiente e representa, luto, tristeza e mistério.

Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.