Dois Anjos


A fé ilumina.
A caridade Socorre.
A fé clareia o caminho.
A caridade auxilia a percorrê-lo.
Não basta confiar.
É indispensável servir.

Não vale contemplar apaixonadamente o Céu. É preciso habilitar-se a criatura a fim de alcançá-lo.

A fé ardente, sem obras que lhe revelem a grandeza, pode gerar o fanatismo que separa e destrói, ao invés de enlaçar e construir.

A caridade, sem esperança que lhe assegure persistência de ação, pode cair em plena sombra, entre o cansaço e a indiferença.

Quem reconhece a paternidade do Criador, sente-se na posição de hóspede do mundo, mobilizando os recursos de que dispõe, em benefício daqueles que o cercam, aprendendo que tudo na vida é empréstimo da Providência Misericordiosa, a cujo infinito amor devolveremos, hoje ou amanhã, os patrimônios que usufruímos.

Por isso mesmo, o coração que realmente confia em Deus espalha os dons que retém, guardando na caridade e na fé as margens da senda que lhe cabe seguir à procura das riquezas reais da vida.

Não cultives a fé sem obras e nem te apegues às obras sem fé, na complementação do Cristianismo de que te fizeste seguidor.

Deixa que a fé ensine através de tuas palavras e exemplos e que a caridade se manifeste através de tua mente e de tuas mãos.

Confiando na Divina Sabedoria, sublimarás o cérebro, inflamando-o de idealismo superior e, prestando serviço aos outros, em obediência à Divina Bondade, iluminarás o coração, transfigurando-o em sinal radioso sobre a noite do mundo.

Esclarece e auxilia.

Conta com o amparo do Senhor, sem desamparar aos irmãos de jornada.

Conserva o tesouro de tua confiança na vitória do Bem, convertendo-o em bênçãos de fraternidade por onde transites.

A fé é o anjo que conduz as almas enobrecidas da Terra para o Céu.

A caridade é o anjo que desce do Céu para a Terra, ensinando os homens a transformar o mundo em Paraíso.

pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Tocando o Barco, Médium: Francisco Cândido Xavier.
Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.