Quatro toque espirituais


I
FOGO D’ALMA

Visualize uma chama em seu peito.
Ou, se quiser, pense numa bola de fogo ardendo intensamente, bem no meio de sua caixa torácica interna.
Deslize sua consciência para dentro do fogo.
Sinta-se presente e consciente dentro do peito.
Queime suas tolices e tristezas no fogo da alma.
Torne-se uno com o fogo dentro de você.
O seu calor o anima; a sua luz o guia...
Nas chamas internas, purifique suas energias.
Pense no seu melhor. Sinta-se protegido. Fique bem.
O fogo é você; você é o fogo.
Em seu peito, um paraíso de luz e calor terno.
Torne-se um sol.

II
CAMPO DE LUZ PACÍFICA

Feche os seus olhos, junte suas mãos e pense no Alto.
Toque o infinito com seu coração.
Viaje nas asas da prece silenciosa, a favor de todos.
Transforme sua aura num campo de luz pacífica.
Faça suas energias suaves beijarem outras auras, algures...
Pense que suas mãos estão unidas com outras mãos de luz...
Sinta-se ligado, em espírito, às consciências elevadas que ajudam a todos.
Abrace a todos os seres, incondicionalmente.
Agradeça o dom da vida, e fique bem.

III
NA ALVORADA DO ESPÍRITO

Para alcançar a alvorada do espírito, o iniciado espiritual precisa varar as trevas da noite do ego.
E isso só pode ser realizado com discernimento, firmeza de ânimo e grande amor e dedicação aos valores que luzem no horizonte da consciência cósmica.
Atravessar o deserto árido, dentro de si mesmo, é tarefa dura; só os fortes de espírito vencem tal empreitada. Esses portam o triângulo do discernimento na fronte e a estrela do amor no coração.

IV
NA LUZ DO TODO

Quando o homem sente as ondas do oceano de amor do Supremo beijando as praias secretas de seu coração espiritual, tudo se transforma.
Surge o deleite de sentir as vagas de luz inspirando os seus sentimentos mais sublimes.
Cada onda canta o Eterno e faz pensar na grandiosidade da existência.
Com a luz do Todo em seu coração, o homem se sente como espírito consciente e imperecível e co-participante da vida universal.
E, por onde ele for, carregará essa luz em seus pensamentos e em seus atos.
Ele sabe que o Todo está em tudo!
Ele compreende...

(Textos extraídos do livro "Flama Espiritual" - Wagner Borges - Edição Independente – 2007*).
Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.