QUE TIPO DE ENERGIA ESTOU EMITINDO?




Companheiros de jornada no planeta Terra, em tempos complexos para nós, encarnados, onde vivemos momentos tensos nas casas espíritas, com nossa fé, com a forma de encarar as problemáticas da vida, porque estamos sempre tão mal, precisando de ajuda espiritual, socorros, passes, atendimentos fraternos, porque?

Quando olhamos uma mensagem do Bispo de Bordeaux, no ano de 1862, do Evangelho Segundo o Espiritismo, vemos uma das frases do texto de João, assim descrita:

"Sede indulgentes para as faltas alheias, quaisquer que sejam; não julgueis com severidade senão as vossas próprias ações, e o senhor usará de indulgência para convosco, com asastes para com os outros"

Muito se pegarmos a partir daqui, vemos que a energia que está gravitando em nós, geralmente vem por ações que não conseguimos perdoar em terceiros, na sociedade, na família, e em nossos compromissos.
Vivemos tormentos, pelos erros do passado, não conseguimos perdoar e alguns de nossos algozes o que é pior já morreram, estão noutra, e nós estamos aqui ainda remoendo, o que podemos trazer para perto de nós então?
Bons espíritos ?
Boas energias ?

Claro que não, se vivemos em sexolatria, em busca de amores impossíveis, em busca de vingança, com raiva, magoa, falta de perdão, negatividade, iremos trazer o mal, viveremos doentes, pertubados, com insônia, dores na costas, estomago, e não adianta tomar passe espírita em dose cavalar, só mudará quando mudarmos os pensamentos, e as nossas atitudes, acredite o Universo atua para você e não contra você a natureza é uma forma de você se energizar e refletir.




Estamos vendo a depressão cobrir a sociedade numa velocidade maior que o vírus fatal Ebola, vemos suicídios, doenças, revoltas, brigas, discussões, e nada muda, porque não muda a energia que estamos emitindo, e logo por sequencia recebendo.

Aprenda algo que ensinava um de meus professores espíritas, você pode odiar uma pessoa, desejar o que quiser a ela, porém se ela não estiver nem aí contigo, esta energia do mal que você gera, baterá na pessoa, não vai lhe atingir, mas sim atingir a você, é preciso isto?

Vivemos uma falta de tolerância para com o próximo, e para conosco mesmo, e o tempo vai passando, e estamos esquecendo que nossa vida corre, o dia de ontem não voltará mais, o dia de amanhã é incerto, somente o hoje é real.
 

O objetivo aqui com os senhores é que procurem mais um contato consigo mesmo, com vossos mentores espirituais, com a prece, com o perdão.



Jesus disse, reconcilia-te enquanto está a caminho, necessariamente isto não quer dizer para você fazer festas de amor, com um algoz, mas lhe fornecer o perdão com ele ou ela vivo, e seguir sua vida.
Emitir para você e para quem te ama, e você realmente ama, boas energias, e com isto bons espíritos, praticar a doutrina, ajudar, participar, fazer mais preces, e agradecer.

Parem de pensar na morte, os livros sobre a temática cresce a cada dia, parem de olhar para a próxima etapa da vida no plano espiritual como uma saída.
Não haverá saída se não terminar a jornada aqui de maneira positiva.

Allan Kardec codificou a doutrina espírita, não a inventou, foi apenas um seguidor de suas convicções, da sua fé em Deus, da sua confiança nas mensagens e nos deu ferramentas, para tocar a vida de forma mais adequada.

No mesmo livro citado aqui do Evangelho Segundo Espiritismo, em 1863, o espírito protetor na cidade de Bordeaux, sob o título José, nos fala da indulgência, que devemos ter para com nossos irmãos, mas que poucos praticam.
Eu iria mais longe, as vezes não praticamos nem conosco mesmo, por isto não permita que pensamentos negativos, tomem conta de sua mente seja você um homem, ou uma mulher.
Meu amigo e escritor espírita Richard Simonetti relembra Jesus, num dos seus programas, e nos diz, "pense o bem o tempo todo, não permita que pensamentos negativos vos dominem, e como disse o mestre que A CADA DIA BASTAM SUAS PREOCUPAÇÕES."

Ou seja, não busque problemas, e não fique pensando demais siga, perdoe, tire as negativas formas de pensar de agir de perto de si, só assim conseguirá evoluir.
Lembre que o rigor desalenta, afasta, irrita, e só atrai espíritos do mal, e coisas ruins.
É hora de pararmos de responsabilizar espíritos pelas nossas atitudes, quem gera uma situação boa ou má somos nós mesmos, e algo ruim lhe está acontecendo não se esqueça é a colheita, que é obrigatória, o plantio foi livre, então tenha personalidade de não querer que resolvam mazelas feitas por ti.

Ajuda? claro sempre virá, dentro da lei da proporcionalidade, da regra que nos mantém ligados ao mundo espiritual, a vida é o importante aqui, a próxima fase está por vir, sinta-se feliz por estar aqui, com as pessoas que está, da forma que está, agradeça mais, olhe para Jesus, veja o sentido real do que significa o amor de Deus, o amor fraterno, e o faça a partir de ti mesmo, para não chegar ao plano espiritual, derrotado e apenas lamentando, sua jornada é sua jornada, sem milagres, apenas com bons momentos, e maus momentos como todos, manter sempre os mares calmos, e céu azul, depende muito da rota que for escolher.
 

Emita amor, emita perdão, acreditem ou não em ti, o que valerá durante a vida, e após a morte do corpo físico é o que de fato pensa sua mente, e o que sente seu coração.
 
David Chinaglia

Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.