O efeito da Fé no organismo


Em nosso corpo material podemos ter problemas físicos que são puramente de ordem orgânica, por exemplo, uma dor de garganta, um resfriado comum causado por bactérias que estão livres no ar.
Depois vem uma inflamação, costumamos consultar um médico que vai nos prescrever um remédio, este é um problema orgânico.
Existem problemas físicos causados por problemas espirituais.
Quando alguém sente muito ódio no coração, tem vontade de falar, brigar, ofender, só que em vez de colocar para fora, fica calado.
Esta situação com o passar do tempo vai causando um foco onde são acumuladas energias ruins, este foco se dá geralmente em locais relacionados com o problema.
Se tratando de um ódio que não é expressado, não é colocado para fora, quando a pessoa reprime e fica quieta, o foco de energias negativas vai se instalar na garganta, faringe, boca, e outros que são relacionados com a fala.
Estas energias podem causar doenças, dores de garganta, câncer de garganta, problemas de coração, entupimento de artérias, ulceras, gastrites e muitas outras enfermidades.
Não é o correto ofender alguém, e nem brigar por aí, ser violento, e nem é correto sentir ódio, rancor, inveja, estes são sentimentos negativos que só prejudicam a quem está sentindo.
Mesmo falando ou não falando o seu ódio para alguém a maior parte das energias produzidas com este sentimento fica no emissor.
A medicina atual é muito evoluída e é a primeira a ser indicada para quem tem um problema de saúde, agora a certos casos que se torna necessário a intervenção espiritual, quando a medicina sozinha não está resolvendo as vezes porque o paciente está com problemas que remédios comuns ajudam mas não curam.
Casos de depressão acompanhadas de tendências ao suicídio, ansiedade, problemas com o sistema nervoso, tenção nervosa, gastrites que aparecem do nada, dores de cabeça que não tem razão e nem explicação.
É difícil para um médico formado as vezes diagnosticar uma doença corretamente, ele prescreve remédios baseando-se nos sintomas que o paciente tem.
Quando se trata de problemas espirituais, problemas orgânicos, mas com raízes espirituais é mais difícil ainda de ser diagnosticada.
O tratamento de um problema espiritual sempre deve ser feito nos dois âmbitos, com um médico e com um médium, isto porque a lesão causada pela doença, seja ela qual for, começou no emocional, atingiu o plano espiritual, e deixou suas conseqüências no plano material.
No meio médico, publicações de pesquisas no mundo inteiro indicam que a fé é um auxiliar importante na recuperação de doentes com doenças crônicas ou dolorosas como o câncer e outras, o paciente estando sempre com esperanças tem mais possibilidades do que aquele não tem nenhuma credulidade.
Alguns pacientes são tratados até com remédios mancebos e paliativos que não vão curar a doença em si, mas estes remédios vão dar tempo ao paciente para um caso de recuperação através da luta do organismo contra a doença, muitas vezes o organismo vence por ajuda do bom ânimo, da fé e de nosso Deus.
O plano espiritual prevalece sobre o plano material nas leis que regem o universo, o espírito estando saudável mentalmente propaga isso ao seu perispírito que por sua vez deixa o organismo mais estável e com boa saúde.
Espíritos que não tem evolução espiritual tem mais dificuldade de dar a imunidade necessária a seu corpo, eles atraem energias ruins, elas se instalam em seu corpo material como se fossem pequenos sangue sugas, vampiros, que vão sugando a força vital da vida.
Esta força vital é composta por uma energia que está no universo, uma energia limpa, revigorante, Deus a criou junto com o "todo", tudo é feito de energias, até pequenos insetos tem suas moléculas e seus átomos.
Quando existe uma doença no corpo, devemos tratar como se fosse um alarme, algo não está funcionando corretamente no plano físico ou no plano espiritual.
Toda causa tem o efeito e a conseqüência, se fumamos vamos acabar doente dos pulmões, se bebemos, vamos ter problemas com os rins, se temos problemas espirituais, vamos acabar carregando nosso corpo com maus fluídos, energias negativas.
Para que aconteça a cura o paciente em primeiro lugar deve ter resolvido seu problema espiritual, se é um ódio, este ódio deve ter um fim, se é um rancor, do mesmo jeito deve haver um perdão.
Sem isto a cura é paliativa, sem efeito a longo prazo, pode haver uma melhora momentânea, mas se o mal continua na raiz, o tronco da arvore vai ser doente.
Para se conseguir uma cura completa, em um caso de uma doença proveniente de um problema espiritual, deve se ter a intervenção de um espírito com bastante evolução, que usando um médium como transmissor, vai restabelecer a ordem no organismo.
Para isto este espírito vai produzir com as energias de Deus, remédios e fluídos espirituais, também magnetizações que irão retirar a lesão causada por influência de energias negativas no corpo.
A cura está nas mãos do próprio doente.
Para que isto aconteça com total plenitude, é necessário que o paciente tenha fé, fé na cura, fé em Deus, sem a fé não é possível de se realizar a cura.
Tratando-se de problemas espirituais, devemos também ter o acompanhamento médico no plano material, isso porque nunca se sabe se todos aqueles sintomas da doença são puramente problemas espirituais, pode haver outros males no corpo físico.
Do mesmo modo que um paciente é ajudado por ação de sua fé, quando ele está carregado de ódio e rancores a ação das energias espirituais negativas em seu corpo vão prejudicar o tratamento no plano material.
Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.