Flor do dia - Lisianthus


Lisianthus é uma flor da família das Gentianaceas que tem sua origem na mais desértica parte da América do Norte, mais precisamente nos estados de Arizona e Texas, nos Estados Unidos, e região norte do México.


Denominada também por Genciana do Prado, a Lisianthus é uma flor delicada e exótica que aparece em cinco tipos de coloração: branca, azul, rosa, roxo e lilás.
Uma flor que muitas pessoas desconhecem e que teve seu surgimento no mercado das floriculturas brasileiras na década de noventa, todavia, em países como Japão e no continente europeu, ela já era conhecida e comercializada há tempos.
Muito delicada e exuberante, é uma linda flor, de delicadeza sublime, considerada sinônimo de sofisticação por muitos. Suas pétalas também aparecem de forma mesclada, o que ocasiona um toque singular a essa flor.
O clima tropical brasileiro não favorece em nada o seu cultivo, apesar de sua produção e o seu potencial de vendas crescerem promissoramente a cada dia, o Brasil ainda não estudou um meio de adaptar a delicada flor do deserto norte-americano ao nosso clima quente e úmido. Já os japoneses, estudam há trinta anos uma forma de melhor adaptar o cultivo da Lisianthus no seu país.
É uma planta sensível que requer extremos cuidados na hora do seu plantio, pois há uma demora no crescimento, visto que sua formação de flores está totalmente ligada ao clima.

Lisianthus
 Lisianthus Branco e Roxo

O cultivo da Lisianthus, na maioria das vezes, é feito em vasos, embora também possa ser cultivada no solo, como flor de corte. Quando cultivada convencionalmente, apresenta um problema quanto ao tamanho de sua semente, gerando um trabalho cuidadoso e meticuloso extra ao floricultor que terá que utilizar bandejas de germinação num processo lento e delicado, em que a Lisianthus chega a demorar até um ano para florescer. O fato é que não importando a forma escolhida de cultivo, quando bem executada, a Lisianthus tem uma grande duração de vida.
De extrema a beleza, a Lisianthus apresenta uma variação natural nas cores básicas de suas pétalas. Seu caule é repleto de botões em flor e suas flores chegam a medir oito centímetros de comprimento.
Os consumidores mundiais e seguidores do ramo de floriculturas se dividem na hora da escolha do tipo de Lisianthus preferida. O Japão e o Brasil concordam que as mais sublimes e belas Lisianthus são as de pétalas brancas e bordas azuis, já os europeus têm seu mercado floricultor e seu coração totalmente voltado para as de pétalas azul-escuras.
Não importando a cor preferida por você, saiba que, ao presentear alguém com um vaso de flores, um arranjo ou um buquê de flores de Lisianthus, você diz a essa pessoa o quão suave, raro e belo é seu carinho por ela, manifesta ao mundo que a beleza também se encontra naquilo que não é muito conhecido. Como Lisianthus, uma bela flor ainda desconhecida.

Fonte: Internet

Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.