SUCO DE BETERRABA AUMENTA O FLUXO SANGUÍNEO PARA O CÉREBRO - Além de diminuir o risco de AVC, o suco de beterraba aumenta a resistência física.

 
Além de diminuir o risco de AVC, o suco de beterraba aumenta a resistência física.

Além de diminuir o risco de doenças cardíacas, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e aumentar a resistência física, um novo estudo revela que o suco de beterraba aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro
. Segundo os pesquisadores, o vegetal é uma promessa para combater a progressão da demência. Cientistas da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, investigavam os efeitos dos nitratos encontrados na beterraba.

"Houve vários estudos que mostram que beber suco de beterraba pode baixar pressão sanguínea, mas queríamos mostrar que também aumenta a perfusão (bombeamento de um líquido através de um órgão), ou fluxo sanguíneo para o cérebro", disse o professor que conduziu a pesquisa, Daniel Kim-Shapiro, segundo a publicação inglesa Daily Mail.

Altas concentrações de nitratos são encontrados na beterraba, assim como no aipo, repolho, espinafre e alface. Quando você come alimentos ricos em nitrato, as boas bactérias na boca passam de nitrato para nitrito. Segundo a versão eletrônica do Daily Mail, o estudo descobriu que os nitritos podem ajudar a abrir os vasos sanguíneos do corpo, aumentando o fluxo sanguíneo e de oxigênio especificamente para lugares que estão faltando. No entanto, este foi o primeiro estudo sobre o aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro.

No estudo, publicado no jornal Nitric Oxide Society, os pesquisadores analisaram 14 adultos com 70 anos, durante quatro dias, que incluíram nitratos na dieta. Eles foram aleatoriamente divididos em dietas ricas em nitrato, incluindo suco de beterraba ou uma dieta com baixo nitrato para os dois primeiros dias. Todos os dias, após o almoço, passaram por ressonância magnética para registrar o fluxo de sangue no cérebro de cada indivíduo.

Entre o terceiro e quarto dias do estudo, os pesquisadores substituíam as dietas e repetiram o processo. A ressonância magnética mostrou que, após comer uma dieta rica em nitrato, os idosos tiveram aumento do fluxo sanguíneo para a substância branca dos lobos frontais - as áreas do cérebro normalmente associada à degeneração que leva à demência e outras doenças cognitivas.


Beber suco de beterraba ajuda a proteger o cérebro

Por ser rica em nitratos, essa bebida combate a demência na terceira idade.

Consumir suco de beterraba diariamente pode aumentar o fluxo de sangue no cérebro em pessoas na terceira idade, e assim proteger os indivíduos de desenvolver casos sérios de demência, diz um estudo feito pela Wake Forest University, nos Estados Unidos. Os autores da pesquisa dizem que esse pode ser um ótimo método para combater esta doença que atinge aproximadamente 35 milhões de pessoas no mundo.

No estudo, publicado no jornal especializado Oxide: Biology and Chemistry, os cientistas acrescentaram durante quatro dias, suco de beterraba <http://www.minhavida.com.br/temas/beterraba>, que é rico em nitratos, na dieta de 140 pessoas com mais de 70 anos e que sofriam com demência. Durante a pesquisa, os participantes recebiam refeições ricas em nitratos, que incluía um copo de aproximadamente meio litro de suco do vegetal. Depois de cada uma das refeições, os idosos passavam por exames de sangue e uma série de outros testes para medir o funcionamento do sistema circulatório. 

Os autores da pesquisa descobriram que depois de ingerir uma dieta rica em nitratos, as pessoas na terceira idade tinham uma maior circulação de sangue no cérebro, o que facilita o transporte de oxigênio para os lóbulos frontais. Essa área está associada com a degeneração que leva a demência e a outros problemas cognitivos, e sua melhor oxigenação pode prevenir essas complicações e diminuir o ritmo de sua evolução.

Consumir altas concentrações de nitratos, contidos na beterraba, assim como no aipo, repolho, espinafre e alface, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos e a aumentar o fluxo de sangue nos lugares que precisam de oxigênio. A beterraba se destaca porque além dilatar as artérias também combate a pressão alta e diminui o risco de derrames, complicações mais comuns na terceira idade. 

Proteja seu cérebro

Além dos nitratos contidos na beterraba, existe uma série de nutrientes que ajudam a proteger o cérebro. Segundo um estudo feito pelo Instituto Salk, na Califórnia (EUA), a fisetina que se encontra no morango, pêssego, uva, kiwi, tomate, maçã e também na cebola e espinafre é uma substância fundamental para manter a memória jovem, porque estimula a formação de novas conexões entre os neurônios.

Alguns nutrientes, como a fisetina e os nitratos, são importantes para a manutenção da saúde do cérebro, como:

-Zinco, Selênio, Ferro e Fósforo: sais minerais que participam de inúmeras trocas elétricas e mantêm o cérebro acordado e ativo (elétrico). Presente em todas as sementes e grãos, em raízes e nas folhas verde escuro, iogurtes.

-Vitamina E: poderosa ação antioxidante. Presente em todas as sementes e grãos, como também em óleos vegetais prensados a frio.

-Vitamina C: famosa ação antioxidante. Presente nas sementes frescas e cruas que foram pré-geminadas, assim como na maioria das frutas.

-Vitaminas do complexo B: regulam a transmissão de informações (as sinapses) entre os neurônios, presente nas sementes e nas fibras dos alimentos integrais e proteínas.

-Bioflavonoides: são polifenois com forte ação antioxidante. Além das sementes, são encontrados também no limão, frutas cítricas, uva e nas folhas verde escuro.

-Colina: participa da construção da membrana de novas células cerebrais e na reparação daquelas já lesadas. Presente na gema do ovo e em todas as sementes e grãos (predominância na soja), como também em óleos vegetais prensados a frio.

-Ômega-3: funciona como um anti-inflamatório poderoso, evitando a morte dos neurônios. Existem somente três fontes: os peixes de águas frias e profundas e as sementes de linhaça e prímula.

-Carboidratos: a glicose é a energia exclusiva do cérebro. Por isso, ficar muito tempo sem comer carboidratos diminui a atividade mental. Carboidratos complexos (pão, batata, grãos) são absorvidos mais lentamente, fornecendo energia de forma regular. Já o açúcar dos doces é absorvido tão rapidamente que é armazenado como gordura, sem fornecer energia de modo constante.



Fonte: Cura e ascensão




Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.