É hora de agir...



Da televisão e do rádio, à notícias alternativas, sites, propagandas, tecnologia para alterar o humor global, infusão química via água, rastros químicos, e alimentos, tudo isto, está sendo feito.
Onde quer que vamos, somos informados de que há "maldade" acontecendo. Se quisermos ficar puros de corpo e mente, temos que trabalhar muito, muito duro, desligar a TV, rádio, filtrar o nosso consumo de internet, beber água destilada ou filtrada, tratar nossa comida para limpar poluentes, ficar dentro de casa durante pulverização de resíduos químicos, realizar purificação regular e rotinas de limpeza ... a lista é extensa. Mas tudo isso, todo esse esforço, não terá nenhum efeito se ficar em um estado de medo.

É aí que a nossa própria impecabilidade e integridade entram. Por que estamos passando por tanto esforço para purificar-nos e permanecer puros? A razão é muito importante, pois vai ditar os resultados. Se isso for feito porque temos medo, então não importa quantos banhos de sal tomarmos, ou o que nós ingerirmos, estaremos jogando direto no campo de jogo de baixa vibração.


Se estamos fazendo isso porque nos faz sentir bem, vibrantes, cheios de vida, energia e capacidade para agir, então estamos no caminho certo.
Se eu beber álcool, eu fico 'alegre', então eu fico confusa, minha capacidade de dirigir meu carro vai para zero (embora eu diria que eu sou perfeitamente capaz), a minha capacidade de tomar boas decisões é reduzida, a minha capacidade de cuidar se foi. Em outras palavras, viver em um estado de "bêbado" cria uma certa vida, que é diferente do que eu iria criar sóbrio. Não é muito funcional, vai precisa de pessoas para cuidar de mim, me dirigir a lugares, fazer comida, cuidar da minha filha, e todos os tipos de coisas. Em outras palavras, eu posso viver como uma criança. Não me responsabilizar por qualquer coisa, incapaz de agir, e ser um peso sobre os que me amam, para sociedade, e eu mesma. Contanto que eu possa pegar uma bebida, ficar tonta, eu não dou a mínima, por isso tudo é bom nesse mundo para mim. Ele está cheio de prazer físico, satisfação e a energia infantil do "cuide de todas as minhas necessidades."

E é assim que a maioria dos seres humanos no planeta estão vivendo suas vidas. Por escolha, em um estado de irresponsabilidade bêbada. Somos nós, o coletivo humano, que escolhemos esse caminho. Não é o "homem branco" pegando as "terras indígenas", matando todos ... mas os nativos co-criaram a destruição do planeta por gostarem do álcool e deixarem cair a bola em serem cuidadores do planeta e, ao invés disso entraram em um estado bêbado. Qualquer um que tenha sangue indígena correndo em suas veias, ou vive perto dos Nativos no mundo ocidental, sabe do que estou falando. Nós temos pelo menos um parente ou amigo que é um alcoólatra ou viciado em drogas que causou estragos em nossa vida ou da nossa família. O problema do álcool e drogas é horrível. Dói. No entanto, este exemplo muito comovente não é realmente sobre Nativos ou homens brancos. Trata-se de nós. Trata-se de cada pessoa que lê este artigo. É JÁ NÃO É sobre quem seja o culpado, quem se sente culpado ou é culpado, não é sobre a raiva, luta, fuga, medo, ataque ou defesa. Não se trata de dar a nossa força ou a nossa autoridade para o Shaman Nativo, nosso Líder Espiritual ou o Governo dos brancos. Trata-se de perceber que nós somos poderosos e podemos criar qualquer realidade que queremos, e podemos fazê-lo agora.

Como é isso?
Nós somos o povo nativo do planeta. Não importa a raça que seja nosso corpo, não importa o caminho evolutivo original da nossa alma, onde a casa de nossa alma seja, somos humanos agora. Nós encarnamos num corpo da Terra. Criado de Gaia de terra e água. Nós ressoamos com a energia da terra. NÓS, lendo este artigo sabemos que estamos aqui para co-criar um mundo puro, limpo, saudável, abundante e livre. Nós sabemos. Estamos vivos, respiramos, vivemos, amamos, aqui neste planeta. Caso contrário, não estaríamos lendo este material.

Chamado à Ação
Então, o que fazemos?

1 . Nós reconhecemos que somos todos ativamente co-criadores do mundo em que vivemos hoje. Ninguém para culpar. Ninguém para colocar a culpa, incluindo nós mesmos.
2 . Sabemos que não importam os poluentes e os medos que são jogados em nosso caminho, não temos de ingeri-los ou ser afetados por eles.
3. Nós processamos o nosso medo, nossa culpa, nossa raiva (de nós mesmos e outros), e nosso julgamento.
4 . Nos tornamos o planeta, a pessoa, ser, que aspiramos a experimentar em nossas próprias vidas. Este é um ato de escolha e intenção.
5. Movemo-nos em pequenos passos, guiados pela energia de integridade e impecabilidade, fazendo escolhas diárias de palavras, ações, pensamentos e emoções que estão alinhados com a Terra que queremos experimentar.
6. Tome uma atitude em sua área local, escreva, fale, faça o que sabemos co- criar o mundo que existe dentro de todos nós, e o faça de um lugar de não-julgamento.
Recuse-se a ingerir a droga do drama, medo, ódio, raiva, julgamento e complacência, e junte-se com Gaia em ser o seu verdadeiro eu, seu soberano ser humano poderoso que você nasceu para ser.
Fonte: Internet

Share on Google Plus

Sobre Dica Certa

A Consciência do dever cumprido, infunde em nossa alma uma doce ALEGRIA.